Minha homenagem ao Roberto Gomez Bolaños, eterno Chaves

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Faz apenas 4 dias que o ator, compositor, diretor, Roberto Gomez Bolaños morreu, o eterno Chaves/Chapolim, e eu ainda não fiz homenagem a ele, estava esperando o velório dele que foi ontem (01). Eu ainda não estou aceitando a morte dele, era muito fã, de verdade, um dos meus sonhos era poder conhece- lo e agora acabou, só quero que saiba que de onde estiver, Chespirito, descanse eternamente em paz.

Agora irei escrever um pequeno texto, que peguei no twitter, só que com uma pequena adaptação minha. "Querido Deus, queremos que prepare um banquete bem gostoso de sanduíche de presunto, queremos que prepare uma ótima festa com uma boa vizinhança, queremos que prepare um reencontro muito emocionante ao Chavinho e seus amigos Godinez, Seu Madruga, Bruxa do 71 e Jaiminho. Que o Jaiminho tenha escrito uma linda carta de boas vindas ao lugar maravilhoso paracido com Acapulco para o Chaves, que não tenha nenhum ladrão na vizinhança, e nenhum motivo para o acusarem de ter roubado algo, que ele não viva num barriu apertado e sim na casa 8, que ele brinque muito de bola se fingindo ser o Pelé."

Roberto Bolaños, vá em paz meu eterno Chavinho, esteja onde estiver, sempre o amaremos, sempre assistiremos Chaves e Chapolim e vamos dar risada mesmo sabendo todas as falas dos personagens de cada episódio, obrigado por ensinar tantas coisas boas as crianças, jovens, adulto e idosos, obrigado por nos fazer rir sem falar um palavrão ou mostrar o bumbum, obrigado por nos ensinar que mesmo com a roupa remendada agradaremos quem olhar, obrigado por nos ensinar que só fica velho quem quer, se o coração insistir a juventude nunca morrerá. Obrigado por nos ensinar que podemos ser felizes apenas com cachorro de pelúcia, morando em um pequeno bairro sem materiais desnecessários. #OBRIGADOCHAVES #VáEmPazChavinho #LutoRoberto :'(

Nenhum comentário:

Postar um comentário